ecf 2 - SAIBA COMO FAZER O FLUXO DE CAIXA E ENTENDA A SUA IMPORTÂNCIA

SAIBA COMO FAZER O FLUXO DE CAIXA E ENTENDA A SUA IMPORTÂNCIA

setembro 27, 2017 - @odontocon

Sem comentários

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

O fluxo de caixa é uma ferramenta de gestão, que pode ser adaptada e utilizada, independentemente do tipo e do tamanho de sua empresa. Mas, ainda assim, muitos empreendedores não sabem como usar corretamente essa ferramenta para analisar a situação do próprio negócio. Fique tranquilo, você não é o único nessa situação.

Nessa publicação você irá conhecer mais sobre esta ferramenta, qual a sua importância para a gestão financeira dos recursos do seu negócio e a melhor forma de elaborá-la para que ela possa fornecer o máximo de informações para a tomada de decisão. Vamos lá!?

 

O Que é o Fluxo de Caixa?

O fluxo de caixa é uma demonstração que deve apresentar o fluxo de todos os recursos financeiros disponíveis para uma empresa, ou seja, além do caixa propriamente dito, recursos disponíveis em contas correntes também deverão ser relacionados e utilizados para mostrar a quantidade de dinheiro que uma empresa tem.

 

Como Elaborar o Fluxo de Caixa

Você deve elaborar o fluxo de caixa diariamente para que possa refletir a situação real e em tempo real da empresa, mostrando quanto ela realmente tem. Além disso, deve-se procurar relacionar todos os documentos referentes a entradas e saídas, mesmo que representem, de forma individual, pequenos valores, como é o caso de lanches e refeições, por exemplo, mas que no final de um período referem-se a um valor considerável de despesas.

A elaboração de um fluxo de caixa começa com a separação dos saldos iniciais dos recursos de uma empresa. Estes valores serão os saldos iniciais do fluxo de caixa.

Você deve inserir estes valores em tabelas e, após isso, a movimentação, incluindo todas as entradas, que são representadas por recebimentos de clientes ou outros valores recebidos pela empresa, além das saídas, que podem ser contas pagas, valores referentes a salários de funcionários entre outros.

Após confrontar o valor dos saldos iniciais, com as entradas e saídas de recursos, será obtido o fluxo de caixa disponível.

 

Boas Práticas do Fluxo de Caixa

O fluxo de caixa, apesar de ser simples em sua elaboração, deve ser utilizado como uma ferramenta de gestão. Demonstrará as disponibilidades imediatas, assim é possível saber se a empresa tem recursos ou não. Além de possibilitar saber se existem recursos que podem ser aplicados ou se haverá falta deles, necessitando de um empréstimo ou busca de capital. Pode ser usado também, de forma projetada e comparativa para entender o fluxo de despesas e receitas e, com isso, incentivar vendas ou cortar alguns gastos.

 

O fluxo de caixa é uma ferramenta é uma ferramenta muito importante para o seu negócio.

Gostou desse artigo? Comente, curta, compartilhe! Acesse aqui para conhecer o Portal Odontocon.

 

Compartilhe esta publicação

@odontocon