BLOG ODONTOCON 2 750x419 - SAIBA COMO FAZER O FLUXO DE CAIXA E ENTENDA A SUA IMPORTÂNCIA

SAIBA COMO FAZER O FLUXO DE CAIXA E ENTENDA A SUA IMPORTÂNCIA

Abril 9, 2018 - @odontocon

Sem comentários

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

O fluxo de caixa é uma ferramenta de gestão, que pode ser adaptada e utilizada, independentemente do tipo e do tamanho de sua empresa. Mas, ainda assim, muitos empreendedores não sabem como usar corretamente essa ferramenta para analisar a situação do próprio negócio. Fique tranquilo, você não é o único nessa situação.

A gestão financeira da sua empresa pode ser otimizada com o uso de ferramentas que também podem ser utilizadas de forma gerencial. Uma boa gestão começa gerenciando de maneira correta os recursos financeiros que possui, para assim, tomar decisões sobre o futuro da empresa mediante o que tem para ser investido.

E uma das formas de fazer a gestão financeira da sua organização é iniciar com o fluxo de caixa.

Nessa publicação você irá conhecer mais sobre esta ferramenta, qual a sua importância para a gestão financeira dos recursos do seu negócio e a melhor forma de elaborá-la para que ela possa fornecer o máximo de informações para a tomada de decisão. Vamos lá!?

 

O Que é o Fluxo de Caixa?

O fluxo de caixa é uma demonstração que deve apresentar o fluxo de todos os recursos financeiros disponíveis para uma empresa, ou seja, além do caixa propriamente dito, recursos disponíveis em contas correntes também deverão ser relacionados e utilizados para mostrar a quantidade de dinheiro que uma empresa tem.

Nada mais é do que uma gestão completa de receitas e despesas que compõem a sua empresa. É um dos aspectos da gestão financeira completa da sua empresa.

Esse fluxo é contínuo e necessário para a existência do seu negócio. Quando o fluxo de caixa é bem elaborado e administrado, ele pode servir: no curto prazo, apresentando as disponibilidades da empresa para o momento e no longo, ajudando no planejamento para que esta possa crescer e se destacar no futuro.

O fluxo de caixa deixa a rotina financeira da empresa mais organizada, já que estabelece uma padronização de processos e comportamentos. Permite a conferência de diferentes relatórios e dados financeiros e, assim, possibilita uma maior confiança nas finanças da organização.

 

Como Elaborar o Fluxo de Caixa

Você deve elaborar o fluxo de caixa diariamente para que possa refletir a situação real e em tempo real da empresa, mostrando quanto ela realmente tem. Além disso, deve-se procurar relacionar todos os documentos referentes a entradas e saídas, mesmo que representem, de forma individual, pequenos valores, como é o caso de lanches e refeições, por exemplo, mas que no final de um período referem-se a um valor considerável de despesas.

A elaboração de um fluxo de caixa começa com a separação dos saldos iniciais dos recursos de uma empresa. Estes valores serão os saldos iniciais do fluxo de caixa. Tudo o que estiver relacionado com a movimentação de caixa da empresa deve ser registrado.

Você deve inserir estes valores em tabelas e, após isso, a movimentação, incluindo todas as entradas, que são representadas por recebimentos de clientes ou outros valores recebidos pela empresa, além das saídas, que podem ser contas pagas, valores referentes a salários de funcionários entre outros.

Após confrontar o valor dos saldos iniciais, com as entradas e saídas de recursos, será obtido o fluxo de caixa disponível. Esse valor representa o que a empresa tem disponível em determinado momento para utilizar.

Essas disponibilidades podem ser retiradas pelos sócios, utilizadas para investimentos ou poupadas para uma eventual reserva na forma de planejamento para o futuro da organização. Caso não existam recursos sobrando, a empresa pode buscar as melhores alternativas como prazos, condições e taxas para empréstimos e financiamentos.

 

A Importância do Fluxo de Caixa

O fluxo de caixa é uma ferramenta financeira e também gerencial. Do ponto de vista financeiro, auxilia a organizar e otimizar as finanças, por exemplo, na cobrança pontual e objetiva dos clientes em atraso. Ele também evita o pagamento desnecessário de multas e juros nos títulos a pagar da empresa, bem como problemas com protestos e outras questões administrativas.

Já do ponto de vista gerencial, pode auxiliar a identificar os principais clientes, além de tipos de produtos e serviços que são mais comercializados. Isso pode contribuir na hora da correta definição do preço de venda, promoções, descontos e outras estratégias para maximização das vendas.

O controle de estoque também pode ser gerenciado com o auxílio do fluxo de caixa, otimizando a eficiência dessa importante área, diminuindo seus custos e melhorando seus resultados. Outra possibilidade é o mapeamento e detalhamento das despesas, identificação de eventuais gargalos de produção no seu negócio e realizar os ajustes necessários.

O fluxo de caixa também auxilia com possibilidades de tomada de decisão na substituição, diminuição e corte de determinados custos, o que provoca a melhoria nos resultados. A projeção de resultados também é uma forma de planejamento para o futuro da empresa utilizando o fluxo de caixa, permitindo a criação de reservas.

 

Boas Práticas do Fluxo de Caixa

O fluxo de caixa, apesar de ser simples em sua elaboração, deve ser utilizado como uma ferramenta de gestão. Demonstrará as disponibilidades imediatas, assim é possível saber se a empresa tem recursos ou não. Além de possibilitar saber se existem recursos que podem ser aplicados ou se haverá falta deles, necessitando de um empréstimo ou busca de capital. Pode ser usado também, de forma projetada e comparativa para entender o fluxo de despesas e receitas e, com isso, incentivar vendas ou cortar alguns gastos.

Deve-se buscar sempre fazer os lançamentos de forma diária para que estes reflitam as finanças da empresa em tempo real, permitindo uma noção real de quanto a empresa realmente tem de disponibilidades. Aqui, deve ser feito o cruzamento com extratos e relatórios de pagamentos e recebimentos do período.

Deve ter o máximo de detalhamento possível, assim, o maior número de informações deve ser inserido junto com o lançamento no sistema. Documentos contábeis como notas, cupons, recebidos, entre outros, deverão acompanhar os lançamentos no sistema.

O fluxo de caixa é uma ferramenta é uma ferramenta muito importante para o seu negócio.

 

Gostou desse artigo? Comente, curta, compartilhe! Acesse aqui para conhecer o Portal Odontocon.

cta medicon 4 600x100 - SAIBA COMO FAZER O FLUXO DE CAIXA E ENTENDA A SUA IMPORTÂNCIA

Compartilhe esta publicação

@odontocon