Cópia de Cópia de Cópia de Cópia de blog 2 - COMO PROFISSIONAIS DA ÁREA DA SAÚDE PODEM PAGAR MENOS IMPOSTOS

COMO PROFISSIONAIS DA ÁREA DA SAÚDE PODEM PAGAR MENOS IMPOSTOS

novembro 17, 2017 - @odontocon

Sem comentários

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

A sua vida, como sabemos, é muito agitada e corrida. Organizar as finanças pode ser algo bastante complicado, não é mesmo? Você, que pode ser um empreendedor, precisa dividir a rotina com a prioridade de cuidar da saúde dos pacientes e estar em dia com as obrigações fiscais e tributárias. Sabemos que não é uma das tarefas mais fáceis.

E podemos garantir que uma das suas maiores preocupações é pagar menos impostos sem correr risco de fiscalizações, certo? Por isso, separamos agora algumas dicas para que você seja capaz de pagar menos impostos como deseja. Acompanhe agora!

 

Declaração x Rendimentos

Se você atua como uma empresa e não como Pessoa Física tem a possibilidade de defender o patrimônio, pois é capaz de declarar alguns bens como Pessoa Jurídica, o que descarrega a Pessoa Física na hora de sofrer a tributação. 50% dos profissionais da área da saúde apresentam receita menor do que as despesas e isso está cada vez mais fácil de ser comprovado pelo Fisco.

Pessoa Física x Pessoa Jurídica

Você está atuando como Pessoa Física? Tudo bem. Sugerimos, apenas, que você mantenha o seu livro-caixa sempre atualizado e organizado. É muito comum cair na malha fina por pequenas diferenças ou alterações de valor. Se o seu livro-caixa está em perfeitas condições, você é capaz de aber o que pode e o que não pode ser deduzido, gerando segurança nas informações.

Agora, se você tem rendimentos mensais acima de R$ 10 mil, sugerimos que você opte por uma Pessoa Jurídica. Nesse caso, a atenção com o seu livro-caixa deve ser maior do que como Pessoa Física. É necessário certificar-se de que todas as despesas são comprovadas. Você também não deve lançar as mesmas despesas para a Pessoa Física e para a Pessoa Jurídica.

Mas lembre-se: você deve sempre contar com o auxilio de uma contabilidade especializada para analisar a situação e definir a melhor opção no momento.

 

Regimes Tributários

Normalmente, o regime tributário mais indicado é o Lucro Presumido, onde você deixará 27,5% e atingirá 15% de contribuição, bem mais baixo que o Imposto de Renda.

Neste caso, se o seu faturamento médio for de R$ 10 mil, a economia poderá chegar à R$ 15 mil por ano. O que diferencia cada caso é que os profissionais da área de saúde não têm um padrão de receitas. Depende muito do perfil: alguns atuam ou têm consultórios ou clínicas particulares, outros só trabalham em hospitais, outros ainda, atendem em ambos os casos.

Por isso, contar com uma contabilidade especializada é uma boa maneira de pagar menos impostos sem correr riscos com o Fisco.

 

Cuidados Com o Fisco

Tome muito cuidado com o cruzamento de dados que a Receita Federal vem fazendo nesses últimos períodos.

O processo de fiscalização está cada vez mais eficiente e tem como objetivo reduzir informações distorcidas apresentadas pelos contribuintes na Declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física.  Dessa forma, o Fisco busca combater a apresentação de recibos falsos e inibir práticas como declaração do valor da consulta e do reembolsado pelo plano como despesas médicas, pois apenas a diferença entre eles é dedutível para fins do Imposto de Renda.

Você deve contar com o apoio de parceiros especializados e ficar atento na elaboração desses documentos:

  • Comprovação de Renda;
  • Acompanhamento Tributário para redução de impostos;
  • Cumprimento das Obrigações Fiscais e Tributárias;
  • Segurança e controle das informações enviadas à Receita Federal.

 

É importante ressaltar que você deve tomar o devido cuidado com os valores declarados. O Fisco cada vez mais direciona seu foco sobre médicos e profissionais da área da saúde, pois muitas vezes, o valor recolhido é maior do que o declarado.

 

Gostou desse artigo? Comente, curta, compartilhe! Acesse aqui para conhecer o Portal Odontocon.

 

cta medicon 4 1 300x50 - COMO PROFISSIONAIS DA ÁREA DA SAÚDE PODEM PAGAR MENOS IMPOSTOS

Compartilhe esta publicação

@odontocon